29 de novembro de 2023 03:04
Natal Tempo

Fidelização do cliente: 6,4 milhões de estabelecimentos brasileiros oferecem cashback

Foto: Envato

Segundo Sebrae, estabelecimentos comerciais brasileiros têm dificuldades para fidelizar clientes; Empresas investem em programas de cashback

Apenas no quarto trimestre de 2022, o mercado brasileiro registrou 194 milhões de cadastros em programas de fidelidade, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Mercado de Fidelização (ABEMF). Entre os principais programas de fidelização está o cashback que, de acordo com o relatório “O Efeito Cashback: como multiplicar os resultados do seu negócio”, já está presente em 6,4 milhões de estabelecimentos em todo o Brasil. Essa tem sido uma estratégia para retenção de consumidores, principalmente entre PMEs, já que, dados divulgados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 24% dos estabelecimentos comerciais no Brasil são pequenas empresas que possuem dificuldades para fidelizar os clientes.

Foto: Divulgação / Mr Cheff

Mr. Cheff, rede de restaurantes que tem como propósito oferecer comida de qualidade por um preço acessível para todos os públicos, é um exemplo de empresa que tem investido no sistema para fidelizar o cliente. Segundo Flávio Gagliardi, fundador e CEO da rede, as lojas geram 5% de cashback em todas as compras realizadas com cartão. Para usufruir do recurso, basta o cliente efetuar o pagamento na maquininha e habilitar o benefício por meio de um código enviado por SMS para o celular dele. A partir disso, todas as compras que fizer na loja utilizando o próprio cartão vai gerar o cashback automaticamente. Ainda, como forma de presentear o cliente, ele ganha R$ 10,00 de cashback no mês de seu aniversário para utilizar. O benefício também pode ser resgatado a qualquer momento e revertido em desconto nas refeições e porções. “Decidimos trabalhar com esse sistema porque todos os segmentos investem fortemente nisso, inclusive os bancos, e percebemos que a vantagem é recíproca, já que o cliente tem o desconto e, com isso, o incentivo para voltar à nossa loja e consumir novamente conosco. Como o nosso cashback funciona por adesão de cada loja, a recorrência é muito boa, o cliente sempre acaba consumindo mais e conseguimos fazer promoções com base no cadastro dele também em datas sazonais, assim temos uma linha direta com o nosso cliente mais fiel. Hoje temos mais de 15 mil clientes que usam o nosso cashback e começamos há apenas dois meses”, afirma o executivo.

Foto: Botocenter

Já a rede Botocenter, franquia especializada na aplicação de toxina botulínica, oferece crédito de 8% para o próximo tratamento a ser adquirido. “Implementamos o cashback há dois meses e a nossa expectativa é aumentar em 20% a nossa base de clientes recorrentes. Optamos pela inclusão da ferramenta para fidelizar e incentivar que os clientes retornem para outros procedimentos ou dar a continuidade do tratamento com toxina botulínica. É sempre interessante buscar iniciativa que nos aproxime do nosso público-alvo”, explica Ricardo Matiusso, diretor geral da Botocenter

Cashback no Delivery

Foto: Home Sushi Home

Home Sushi Home, rede de delivery que proporciona a melhor experiência da culinária oriental por meio de um cardápio que segue as tendências da gastronomia, utiliza o cashback para se aproximar cada vez mais do consumidor e, para isso, oferece a geração de 5% de retorno sobre cada pedido via aplicativo próprio. O recurso pode ser utilizado na compra seguinte ou acumulado para futuras compras da rede, que também disponibiliza ofertas exclusivas de acordo com as escolhas em cada cardápio. De acordo com Amauri Sales de Melo, diretor executivo e sócio-fundador da rede, a disponibilização do recurso é um dos atrativos para o consumidor. “Nós queremos garantir sempre que os clientes possam personalizar a forma como utilizam o cashback, além de acreditar que esse tipo de benefício contribua para fidelização e fortaleça o relacionamento com eles. Iniciamos o programa de cashback em julho de 2022, que já possibilitou 19.500 resgates. No último mês, 29% dos pedidos realizados no app foram feitos a partir dos créditos gerados pelo programa”, afirma.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp